fbpx

5 dicas de limpeza para deixar as escolas prontas para os alunos

  • 15 de Outubro de 2020
  • Blog
  • por MPires

Vivemos uma das maiores pandemias da história. O comércio já volta à sua normalidade e algumas instituições de ensino estão deixando o EAD e retomando o funcionamento presencial. Mas como deixar as escolas prontas para os alunos

Para que suas atividades tenham o melhor desempenho e o risco de disseminação da COVID-19 seja reduzido ao máximo, é imprescindível uma série de cuidados. Além do uso constante de máscaras por alunos, funcionários e visitantes, e do estabelecimento de regras de distanciamento, a limpeza é outro carro chefe para esse controle. 

Este momento de reabertura das escolas deve ser de extrema cautela e correr riscos não deve ser uma opção. Continue a leitura e saiba 5 dicas para fazer uma limpeza de qualidade neste contexto, que baseamos no Manual de Procedimentos de Limpeza Durante a Pandemia para Instituições de Ensino da ABRALIMP (Associação Brasileira do Mercado de Limpeza Profissional).

 

1) Utilizar apenas produtos químicos de qualidade garantida 

Por mais que ainda existam muitas dúvidas em relação ao novo coronavírus, uma certeza é que os produtos utilizados para a limpeza nas escolas devem ser de qualidade garantida. Eles precisam ser notificados e seguir as exigências da ANVISA.   

Também vale lembrar que o álcool em gel 70% é indicado apenas para a higienização das mãos. A limpeza dos ambientes envolve diversos fatores que exigem produtos específicos. 

Os produtos de limpeza profissional são os mais indicados. Eles seguem todas as exigências dos órgãos fiscalizadores, realizam adequadamente a limpeza e a desinfecção, e seguem as necessidades de cada ambiente.

 

2) Adoção de protocolos de limpeza mais rígidos e frequentes  

Outro dos principais cuidados na pandemia deve ser a adoção de protocolos de limpeza mais rígidos e frequentes. Isso envolve: adoção de técnicas corretas, produtos de qualidade, equipamentos e materiais adequados, higienização mais frequente. 

Isso tudo deve ser traduzido em um plano de higienização, considerando as especificidades de cada espaço e dando uma atenção especial aos locais de alto contato, como os banheiros, salas de aula e cantinas.

 

3) Uso de materiais adequados 

A eficácia dos produtos de limpeza e a eliminação dos agentes nocivos à saúde do ambiente está relacionada à aplicação correta dos químicos. 

Para cada etapa da limpeza e desinfecção devem ser utilizados os materiais e equipamentos adequados. Eles ainda melhoram a produtividade da equipe responsável pela higiene e diminuem o desgaste dessas pessoas, pois são mais ergonômicos. 

 

4) Treinamento da equipe 

Os colaboradores, responsáveis pela limpeza dos ambientes ou não, devem seguir rigorosamente as indicações para o momento da reabertura das escolas. Afinal, também serão eles que vão precisar orientar os alunos e é muito importante ressaltar isso, para que compreendam a importância do seu papel. 

Em relação à equipe de limpeza: os procedimentos relacionados aos cuidados na pandemia deverão ser minuciosamente explicados e seguidos à risca.

É muito importante fornecer treinamentos periódicos e fazer um monitoramento constante para auxiliar as equipes e garantir a qualidade na limpeza.  

 

5) Uso de EPIs 

Nossa última dica para ter escolas prontas para os alunos neste momento de pandemia é a utilização constante de EPIs para todos que permanecerem no local. 

  • Todos os colaboradores devem ser treinados para utilizá-los corretamente.
  • Muita atenção aos momentos de colocação e retirada dos equipamentos. 
  • Em relação à equipe de limpeza: não devem ser utilizados acessórios, como anéis e pulseiras, pois eles podem danificar as luvas.  

 

Compartilhe e contribua para uma reabertura das escolas mais responsável! 

Esperamos que tenha gostado do texto. Agora, mãos na massa: coloque as dicas em prática e compartilhe o conteúdo para que mais pessoas possam utilizá-las! 

E para ter acesso ao assunto com maior profundidade, acesse o manual da ABRALIMP.


Excelência no mercado mineiro há mais de 60 anos.

Solicite a visita de um consultor