fbpx

Como fazer a limpeza correta dos condomínios?

  • 27 de Abril de 2020
  • Blog
  • por MPires

Com o objetivo de minimizar o espalhamento do novo Coronavírus, as organizações oficiais de saúde recomendam suspensão das atividades presenciais que não sejam essenciais para a manutenção da sociedade, como comércios, restaurantes, escolas e empresas.

 

Neste cenário de isolamento e distanciamento social, a maioria das atividades de trabalho acontecem de forma remota, ou seja, de casa. Assim como os afazeres profissionais, exercícios físicos e momentos de lazer também acontecem nas mediações residenciais. 

 

Nos condomínios, a maioria dos espaços de utilização são compartilhados, tais como o hall de entrada, elevadores, piscina, salão de festas, academia e jardim. Por isso, é fundamental que a limpeza desses espaços seja pensada para priorizar o bem-estar, saúde, segurança e comodidade de todos os moradores – crianças, adultos, idosos e bichos de estimação. 

 

Já é sabido que a principal forma de transmissão do novo Coronavírus é pelo contato com fluídos corporais que carreguem o vírus e, ainda, que ele pode sobreviver por algumas horas ou dias em diferentes superfícies. Portanto, além de essencial para manter o bem-estar do condôminos, uma rotina de limpeza qualitativa é capaz de garantir a segurança contra a COVID-19. 

A rotina de limpeza ideal

 

A rotina de limpeza correta nos condomínios deve considerar que cada espaço tem suas particularidades e, portanto, exige cuidados específicos. Os elevadores, por exemplo, são ambientes fechados, com alta circulação de pessoas e que podem abrigar microorganismos facilitadores de doenças infecciosas nos botões. 

 

Na academia não é diferente, durante os exercícios físicos é comum que o corpo humano libere suor como forma de equilibrar a temperatura da pele, tais fluídos podem ficar impregnados nos aparelhos. Além de anti-higiênico, o contato com gotículas contaminadas podem causar doenças, como o Coronavírus. Portanto, esse é um ambiente que demanda mais cuidado na hora da limpeza.

 

É necessário que o profissional responsável pelo condomínio realize um trabalho minucioso de análise e considerações, pois a partir da avaliação de especificidades, rotina e fluxo de pessoas é possível definir um cronograma de limpeza consistente e direcionado para as necessidades de cada ambiente.

 

O cronograma funciona como um guia e facilitador para a rotina de limpeza do condomínio. Por meio dele é possível descrever a frequência da higienização, por exemplo. Garagens e calçadas não precisam ser lavadas diariamente, diferente dos elevadores que necessitam de higienização mais de uma vez por dia. 

 

Tal direcionamento na hora de realizar as tarefas de limpeza garante maior satisfação, economia de tempo e recursos, como água. Consequentemente, menor investimento dos condôminos nesse setor. 

 

Além de todos os benefícios para o bem-estar dos moradores, estabelecer um cronograma que respeite as particularidades de cada ambiente garante que as atividades normais não sejam afetadas. Portanto, ao fazer escalas para a limpeza, é preciso respeitar os horários com menor fluxo de transeuntes.

 

Na dúvida, considere contratar uma equipe de limpeza profissional para definir todos os protocolos essenciais de higienização. Os consultores especializados conseguirão avaliar com propriedade cada um dos espaços e estabelecer a rotina de limpeza com o melhor custo X benefícios para todos.

Quais produtos e equipamentos usar?

 

Com o cronograma de limpeza em mãos, é hora de colocar em prática. É importante ressaltar que os procedimentos de higienização só devem ser realizados por profissionais capacitados e com experiência na área. 

 

Além disso, mesmo que o profissional escolhido seja especialista no segmento, é fundamental contar com a orientação de um técnico. Esse processo de supervisão é essencial para que nenhum detalhe passe despercebido e para que as melhorias sejam feitas conforme a rotina é testada.

 

Norma dos órgãos de trabalho e saúde, é imprescindível que os profissionais de limpeza façam uso constante dos EPIs, Equipamentos de Proteção Individual, como botas emborrachadas, luvas multifuncionais, óculos de proteção e capacetes. Em meio a pandemia ocasionada pelo Coronavírus, o uso da máscara facial também é indispensável. 

 

Em conjunto com os EPIs, alguns equipamentos e ferramentas facilitam a rotina de limpeza e garantem a qualidade do serviço. Por isso, é fundamental que os condomínios forneçam os materiais necessários para a realização das atividades, como baldes, rodos, vassouras, panos multiuso, escovas, esponjas, flanelas etc.

 

No caso de ambiente com espaços maiores, considere adquirir equipamentos de uso industrial, como as lavadoras de piso. O custo X benefício pode ser avaliado na diminuição dos recursos, como água, produtos, tempo e mão-de-obra.

 

Para a escolha dos produtos de limpeza é importante considerar duas coisas: a saúde das pessoas que possam ter contato direto com os químicos e a superfície que eles serão aplicados. Para isso, escolha os que tenham o menor potencial de causar queimaduras, alergias ou danificar pisos e paredes, como sabão e detergente neutros.

Para pisos de cerâmica, ardósia, madeira, granilite ou mármore, o ideal é usar sabão neutro para remover as sujidades. Com exceção do piso de cerâmica, todos os outros podem ser lustrados com cera acrílico incolor. Já os pisos de pedra devem ser limpos com limpa pedras, mas cuidado, esse tipo de produto pode ser muito tóxico. 

 

Os pisos de garagem – por sofrerem com óleos, borracha e restos de químicos dos carros – devem receber uma limpeza mais pesada com desengordurante e removedores. O ideal é que essa limpeza seja feita mensalmente e nos horários de menor movimento. 

 

De modo geral, superfícies como paredes, aparelhos de ginástica, eletrônicos (interfones, displays e painéis), elevadores, portas de vidro, extintores e equipamentos contra incêndio devem ser higienizados com detergente neutro, com atenção e cuidado para as superfícies mais delicadas.

 

Outro fator importante é que, no caso do Coronavírus, não são só as sujidades aparentes que podem fazer mal a saúde. Microorganismos invisíveis aos olhos podem carregar doenças graves, por isso, é essencial que os produtos desinfetantes estejam incluídos na rotina de limpeza, assim como dispensers de álcool em gel em lugares estratégicos.

CONTE COM A MPIRES!

 

Sempre que o assunto for higiene e cuidado com o ambiente da sua empresa, a MPires pode te ajudar. 

Somos uma empresa de limpeza profissional, trabalhamos apenas com os melhores produtos do mercado e temos profissionais capacitados e prontificados a te auxiliar. Fale agora mesmo com um dos nossos consultores

E não deixe acompanhar as nossas novidades nas redes sociais. 


Excelência no mercado mineiro há mais de 60 anos.

Solicite a visita de um consultor